Notícias

post

Canvas como estratégia de planejamento e gestão

Hoje vamos falar sobre o Business Model Canvas, mais conhecido como Canvas. Essa é uma ferramenta de planejamento estratégico, que permite desenvolver e esboçar modelos de negócio novos ou já existentes.

O CANVAS possibilita uma análise sobre o negócio da organização, de forma sistêmica, que vai muito além dos produtos e serviços que ela oferece. O negócio envolve também a forma como os produtos e serviços são entregues, a sua proposta de valor, as parcerias firmadas para garantir o seu posicionamento estratégico, a forma como a organização obtém receitas e gerencia os seus recursos, etc.

Na prática o Canvas é um mapa visual pré-formatado contendo nove blocos. São eles:

  1. Proposta de valor:o que sua empresa vai oferecer para o mercado que realmente terá valor para os clientes;
  2. Segmento de clientes:qual o público alvo ou segmento que a empresa deseja atender por meio de seus produtos e serviços.
  3. Os canais:meio pelo qual o cliente compra e recebe seu produto e serviço (loja física, e-commerce, venda direta, telefone);
  4. Relacionamento com clientes: como a sua empresa interage com os clientes, de acordo com as suas características e segmentação de mercado.
  5. Atividade-chave:quais são as atividades principais que tornam possível a entrega da Proposta de Valor;
  6. Recursos principais:são os recursos necessários para realizar as atividades-chave;
  7. Parcerias principais:alianças que a organização estabelece com terceiros a fim de garantir recursos estratégicos, reduzir custos e riscos e focar no seu principal negócio.
  8. Fontes de receita:são as formas de obter receita por meio de propostas de valor.
  9. Estrutura de custos:São os custos relevantes necessários para que a estrutura proposta possa funcionar.

A proposta do Canvas é ter uma visão ampla do negócio e do modelo de negócio, para, então, compreender melhor a organização.

Como montar o CANVAS na prática:

Existem algumas perguntas, sugeridas por Osterwalder, que podem nos ajudar na compreensão e no preenchimento do modelo de negócio, como:

  1. Proposta de valor: Que necessidades dos clientes estamos atendendo? Quais são os problemas que nossa empresa consegue resolver? Que valor será entregue a eles?
  2. Segmento de clientes: Quem é nosso público alvo? Quais os clientes mais importantes?
  3. Os canais: Como alcançamos nossos clientes? Qual canal funciona melhor de acordo com nossos objetivos?
  4. Relacionamento com clientes: Como nos relacionamos com os clientes e como pretendemos nos relacionar com clientes futuros?
  5. Atividade-chave: Quais são as atividades-chave exigidas pela proposta de valor?
  6. Recursos principais: Quais são os principais recursos exigidos pela proposta de valor?
  7. Parcerias principais: Quais são nossos principais parceiros? Quais atividades eles exercem? Quem são os principais fornecedores?
  8. Fontes de receita: Quanto os clientes estão dispostos a pagar? Pelo que? Como gostariam de pagar?
  9. Estrutura de custos: Quais são nossos principais custos? O que é mais caro? O que é mais barato?

canvas

Caso necessite de mais algum auxílio, o SEBRAE oferece uma ferramenta para montar o CANVAS no seguinte site: http://www.sebraecanvas.com

Via: http://www.bloggestaodaqualidade.com.br/

post

Convênio com FGV garante condições especiais em diversos cursos


O PISO fechou em setembro mais uma parceria de sucesso em prol do desenvolvimento da carreira de seus associados. O convênio com a FGV, maior escola de negócios do país, passa a garantir condições especiais em cursos das áreas de Gestão, Direito, Saúde, Marketing e Administração.
Tem interesse?
Entre em contato pelo (16) 3523-4201 e obtenha mais informações.
post

Encontro orientará empresas interessadas no GPTW

O PISO promoverá na próxima sexta-feira, dia 17 de agosto, às 9h, junto com a ASR Consultoria e Assessoria em Qualidade e a GPTW – Great Place to Work, um encontro que tratará assuntos pertinentes às organizações que desejam implementar novas práticas em negócios e processos a fim de se inscreverem no GPTW e obterem a percepção dos colaboradores em relação à empresa.

Na ocasião, a ASR Consultoria, por meio de seu sócio, Renato Luiz Della Volpe , fará a apresentação do Programa Cooperado “Estruturação e Melhoria Organizacional” com o objetivo de prover condições das empresas interessadas de implantar ou evoluir na implementação de melhorias e novas práticas em seus negócios e processos relacionados, utilizando melhores práticas e padrões reconhecidos pelo mercado e alinhadas às suas necessidades de evolução.

O Programa Cooperado está baseado na apresentação, por meio de Workshops, que possuem um conjunto de Áreas de Atuação para a Evolução da Maturidade e Capacidade, para que os representantes de cada empresa possam obter o conhecimento necessário e iniciar as práticas aplicáveis à cada empresa.

Em seguida, Márcio Camargo, representante regional do Great Place to Work no interior do estado de São Paulo falará sobre a importância da motivação dos colaboradores a confiança como fator chave na obtenção de melhores resultados para o negócio, o papel da liderança na melhoria dos ambientes de trabalho, Giftwork como diferencial nas relações entre as pessoas e práticas que fazem a diferença nas melhores empresas para trabalhar.

Para participar, é preciso fazer a inscrição pelo https://goo.gl/forms/ U9CBpPOm3VblcDKG3. Informe-se sobre valores abaixo.

SERVIÇO

Data: 17 de agosto de 2018 (sexta-feira)

Local: PISO – Polo Industrial de Software – Parque Tecnológico Supera (Av. Dra. Nadir Aguiar, 1802, Prédio 2 – térreo).

Horário: 09:00 ~ 11:00 horas

  • Valor para não associada: R$ 150,00
  • Valor para associados APL da Saúde e Polo Cervejeiro: R$ 100,00
  • Valor para associados SUPERA Parque: R$ 75,00
  • Associados ao PISO: GRATUITO
post

PISO recebe palestra da Microsoft

O Microsoft Office é essencial para o seu trabalho e facilita o seu dia a dia?

Na Sexta-feira (27), o Piso – Polo Industrial de Software e a A MTAC realizarão, às 08h15, no Supera Parque, a palestra: “Produtividade e Gestão Corporativa com Microsoft Office 365″ com grandes nomes da Tecnologia.

Inscreva-se no link: https://goo.gl/DuVnLs

37787415_1859908390740987_5487828904083193856_n

post

Mais 40 alunos se formam em cursos de capacitação do PISO

Diretoria do PISO, Consinco e SUPERA: unidos em prol do mercado de TI e da sociedade em geral

Diretoria do PISO, Consinco e SUPERA: unidos em prol do mercado de TI e da sociedade em geral

Aconteceu hoje, dia 17 de julho, a solenidade de entrega dos diplomas dos 40 alunos que se formaram nos dois cursos de Tecnologia da Informação oferecidos no início do ano pelo PISO em parceria com o Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Serviços de Informática do Estado de São Paulo – Seprosp,

As capacitações em “Desenvolvedor Desktop” e “Suporte Técnico” fazem parte de ações do Polo para driblar a escassez de mão de obra do setor de TI da macrorregião de Ribeirão Preto, que, graças a esse empenho, tornou-se a que mais emprega profissionais da área em todo o país.

Os cursos totalmente gratuitos e direcionados para estudantes da área de Tecnologia, contaram com 300 horas/aula, abordando a essência do que é vivido no cotidiano das empresas associadas. Segundo Saulo Sousa, coordenador dos cursos, o programa já formou mais de 140 alunos, todos direcionados automaticamente para atuarem no mercado de trabalho. “O curso oferece conhecimento prático, tanto de programação quanto de atendimento e é esse o diferencial que faz o aluno chegar em um nível interessante que atenda as necessidades reais das empresas”, salienta.

Ainda de acordo com o coordenador, o programa visa benefícios que vão muito além das empresas, atingindo estudantes e sociedade em geral. “Esse programa é um sucesso e todos os alunos fazem parte disso e vêm para resolver aquele famoso dilema do mercado de trabalho que diz ‘eu preciso de experiencia para conseguir um emprego, mas preciso de um emprego para conseguir experiência’”.

Os treinamentos acontecem desde 2014 por meio do Centro de Capacitação Profissional, instalado na sede do PISO que está sediado no Supera Parque e cerca de R$ 500 mil já foram investidos pelas empresas associadas para que o programa obtivesse resultados positivos.

Matheus Amaro, estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Fatec de Mococa, foi um dos que se formou hoje. O aluno conta que a oportunidade oferecida pelo PISO é ímpar. “Fazia quatro anos que eu procurava uma chance na área de TI e não conseguia encontrar. Quando soube do curso de Desenvolvedor Desktop, arrisquei: pedi demissão do meu antigo emprego e resolvi tentar. Valeu a pena correr o risco”. O estudante já está trabalhando em uma empresa associada desde o primeiro semestre de 2018.

A história da Fabíola Gonçalves, de 26 anos, também é motivadora. Natural de Fortaleza, CE, veio sozinha para a região de Ribeirão Preto pensando em investir em seu futuro. Cursando Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Fatec do município, ela encarou a rotina cansativa que teve de despender para concluir o curso de Suporte do PISO: ia às aulas pela manhã e emendava o dia com um emprego em um Shopping de Ribeirão Preto e com as aulas na faculdade, inclusive aos finais de semana. A estudante conta que já trabalhou em diversos setores, mas nunca no de TI, que é o que ela sempre buscou. “Essa oportunidade foi um salto. Eu queria muito algo na minha área mas não via luz por não ter experiência”. A estudante já foi encaminha ao mercado de trabalho em uma associada do PISO.

Parceiros

logo one
logo two
logo three
logo four
logo five
logo six
logo seven
logo eight
PISO - Polo Industrial de Software | Powered By WordPress
Av. Dra. Nadir Aguiar, 1802, Prédio 2 (térreo) | Ribeirão Preto-SP

Exibir Mapa Grande  |  Obter Trajeto  |  Exibir Vista Panorâmica
×