post

PISO incentiva implantação de PLR nas empresas associadas

Desde o mês de junho, o Polo Industrial de Software de Ribeirão Preto – PISO vem promovendo encontros entre seus associados com o intuito de incentivá-los e direcioná-los quanto à melhor maneira de colocar em prática o programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), otimizando assim, a gestão de pessoas dentro de suas organizações. Leia mais

Centro de Capacitação em Software é inaugurado no Parque SUPERA

"Trata-se de mais um projeto que dará visibilidade à indústria ribeirãopretana de software", afirma Flávio de Barros, presidente do PISO

“Trata-se de mais um projeto que dará visibilidade à indústria ribeirãopretana de software”, afirma Flávio de Barros, presidente do PISO

Com um café da manhã reunindo autoridades e representantes de entidades ligadas ao setor de tecnologia, o Polo Industrial de Software de Ribeirão Preto – PISO, a Fundação Instituto Polo Avançado de Saúde – FIPASE e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, inauguraram na manhã de 21/08 o Centro de Capacitação em Software, espaço que chega ao município contribuindo na formação e preparação de mão-de-obra especializada na área de Tecnologia da Informação para o mercado de trabalho de toda região de Ribeirão Preto.

O local, que funciona em uma sala do PISO, no interior do Parque Tecnológico SUPERA, surge para auxiliar as empresas do setor que hoje enfrentam dificuldades na hora de contratar profissionais qualificados. O Centro oferecerá cursos gratuitos em linguagens C#, Java, .Net e tem espaço para 20 alunos. “Trata-se de mais um projeto que dará visibilidade à indústria de software, colaborando com a formação e capacitação para que o profissional chegue pronto às nossas empresas, sendo muito aderente às necessidades atuais do mercado”, afirmou em discurso o presidente do polo, Flávio de Barros.

O Centro de Capacitação recebeu aportes no valor de R$ 139 mil, oriundos do Programa Paulista de Apoio a Arranjos Produtivos Locais, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo. A meta é que o índice de empregabilidade seja de 80% para os alunos que passarem pelos cursos oferecidos no centro. “Atualmente, em qualquer tecnologia, a informática representa 80%. É com essa responsabilidade que enxergo o Centro de Capacitação aqui dentro”, complementou o Prof. Dr. Adilton Carneiro, diretor-presidente da FIPASE.

Turma Embrionária

Em julho, 20 alunos se formaram na primeira turma do Centro de Capacitação em Software, sendo que 18 já estão empregados. Foram mais de 150 inscritos para o curso de plataforma .NET, aplicado provisoriamente no auditório da empresa SMARAPD, associada ao PISO. O tempo estimado para os treinamentos é de quatro meses. “Como existe uma forte demanda, o PISO está fazendo algumas parcerias com escolas técnicas, centros de formação e universidades para até dezembro abrimos uma nova turma”, afirma Andresa Cantolini Zamoner, gerente do Polo. As informações serão divulgadas na página do PISO no Facebook: www.facebook.com/PISORP.

 

 

 

post

Alunos do primeiro curso gratuito de .Net se formam em Ribeirão Preto

Curso chega como alternativa para driblar a escassez de mão de obra na região de Ribeirão Preto

Curso chega como alternativa para driblar a escassez de mão de obra na região de Ribeirão Preto

O presidente do Polo Industrial de Software de Ribeirão Preto – PISO, Flávio de Barros e o presidente do Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Serviços de Informática do Estado de São Paulo – SEPROSP, Luigi Nese, entregaram na última sexta-feira, 01/08, os certificados de conclusão do primeiro curso gratuito de .NET aos 17 alunos que acabaram de se formar. Leia mais