post
A criatividade proporciona inúmeros benefícios para as organizações. Cobiçados pelo mercado, profissionais com esse talento são capazes de produzir ideias, fazer algo novo ou original, propor soluções novas a problemas antigos ou soluções inéditas a problemas novos.
E, ao contrário do que se imagina, a criatividade não é inata. “Ela pode ser aprendida e desenvolvida, sendo sempre suscetível de melhora”, explica Fernando Montero da Costa, Diretor de Operações da Human Brasil, especializada na seleção e recrutamento de talentos, formação, desenvolvimento e consultoria estratégica de pessoas nas organizações.

Na prática, segundo o especialista, conhecimento não é o mesmo que criatividade. “A imaginação transcende o conhecimento. Portanto, se você quiser ser criativo, primeiro esqueça o que sabe”, completa.

Fernando Montero afirma que algumas barreiras são encontradas na prática e exercício desta competência, como a incapacidade de mudar as respostas de sempre, do tipo “em time que está ganhando não se mexe”, e bloqueios sociais, culturais ou emocionais, como, por exemplo, medo, dúvidas ou insegurança.

O consultor de RH lista algumas dicas para a aplicação dos princípios de criatividade:

1) Decida ser criativo
2) Busque sempre mais de uma solução (ou várias alternativas)
3) Escreva todas as suas ideias e as analise minuciosamente
4) Defina teus objetivos
5) Utilize o pensamento divergente e haja com flexibilidade
6) Considere o problema dos outros como oportunidades e desafios
7) Aprenda a assumir riscos e atreva-se a ser diferente
8) Desafie normas e suposições. Procure ser menos racional.
9) Utilize o humor
10) Tome o tempo que seja necessário para cumprir suas tarefas. Fazer as coisas com calma (quando se pode) aumenta a produtividade e a eficácia
11) Seja persistente
12) Viva o presente
13) Desfrute de momentos de lazer. A qualidade de vida depende de como se emprega o tempo livre.

“O comportamento criativo das pessoas é algo perceptível, pois estas se destacam dos demais membros da organização pela grande variedade de ideias e soluções originais que propõem. E também porque ignoram a forma convencional de pensar”, afirma Fernando Montero.

Via: http://www.administradores.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>