post
Lançamento contou com representantes do PISO e de empresas associadas

Lançamento contou com representantes do PISO e de empresas associadas

O PISO iniciou hoje pela manhã mais uma ação de valorização ao setor de Tecnologia da Informação: foi dada a largada para dois novos cursos de formação de programadores em seu Centro de Capacitação Profissional. Para celebrar mais esta ação em prol das empresas associadas que sofrem com a escassez de mão-de-obra qualificada no segmento, o PISO promoveu um coffee break para o lançamento oficial dos cursos de Centura e .NET, este último, 70% subsidiado pelo Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Serviços de Informática do Estado de São Paulo – SEPROSP.

Desta vez, dentre 300 inscritos de toda região de Ribeirão Preto, 40 candidatos alunos de FATECs e ETECs e Universidades de Ribeirão Preto e região, matriculados em cursos relacionadas à TI, foram selecionados após uma escolha criteriosa baseada em avaliações comportamentais e técnicas, além de entrevistas e treinamentos e-learning. O objetivo agora é que o aproveitamento seja positivo a ponto de todos serem contratados pelas empresas parceiras.

O aluno Diego Gonçalves da Silva, de 31 anos, disse estar animado com a oportunidade. Ele, que é autodidata e programa desde os 13 anos, acabou por seguir um rumo diferente aos 21, quando passou em um concurso e começou a trabalhar em um banco, até perceber, há dois anos, que essa não era sua vocação, abandonando sua antiga carreira e ingressando em um curso universitário na área de TI. “Vi agora uma oportunidade de me atualizar no que eu realmente gosto e de poder trabalhar na área”, afirma.

De acordo com a CEO do PISO, Andresa Cantolini, a iniciativa, é um importante auxílio às associadas que contarão mais uma vez com a estrutura do Polo que treinará novos profissionais com aprendizado coerente às necessidades atuais das organizações parceiras. “Além disso, para os alunos, é uma chance de ouro visto que a inserção de todos no mercado de trabalho é praticamente certa, dependendo apenas do empenho de cada um”, atesta.

Além da expectativa por um emprego ao final do curso, todos já começarão a receber uma bolsa no valor de R$400,00 enquanto durar o treinamento presencial, desde que haja 100% de presença no curso. Segundo Flávio de Barros, presidente da entidade, o que as empresas estão buscando nestes alunos não é experiência, mas sim, vocação para atuarem com paixão na área. “O caminho está sendo construído por todos nós. Esperamos que vocês tenham a mesma garra da seletiva aqui no curso, para encararem com sabedoria a oportunidade que estão tendo”.

Leticia Grotto, de 21 anos, afirma estar mais que empenhada para as aulas. “Há alguns anos, comecei a achar incrível que tudo depende da tecnologia e, a partir de então, despertou em mim esse interesse em TI. Fiz estágio na ETEC em Mococa e agora participo desta oportunidade rara do PISO. Que este seja o início de uma carreira na área”.

Os cursos gratuitos são possíveis graças à parceria do PISO com a Fundação Instituto Polo Avançado de Saúde – FIPASE e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e conta com o apoio financeiro do SEPROSP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>